Crianças nascidas por técnicas de PMA são 2,2% de todos os recém-nascidos

A percentagem de crianças nascidas por técnicas de Procriação Medicamente Assistida (PMA) mais do que duplicou em 2010, em relação ao ano anterior, atingindo os 2,2 por cento de todos os bebés nascidos em Portugal, indica um relatório.

O documento do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida (CNPMA) refere que, em 2010, nasceram 1.952 crianças através das técnicas mais complexas de PMA: Fertilização In Vitro (FIV), Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides (ICSI), Transferência de Embriões Criopreservados (TEC), Doação de Ovócitos (DO) e Diagnóstico Genético Pré-Implantação (DGPI).

A este número acrescem 269 crianças nascidas de Inseminação Intra-Uterina (IIU).

No documento que dá conta da atividade dos 24 centros que praticam técnicas de PMA em Portugal, o CNPMA indica que 2,2 por cento (%) das crianças nascidas em Portugal em 2010 resultaram da aplicação de técnicas de PMA.

Tal significa que houve um aumento de 35,5 % de recém-nascidos, comparativamente aos resultados de 2009 (1.455 recém-nascidos), um “número mais uma vez influenciado pela melhoria significativa da recolha dos dados do desfecho das gestações”.

A este aumento “não será alheio o aumento da capacidade de resposta dos centros públicos (quer por início de atividade, quer por ampliação das infraestruturas dos centros já em funcionamento)”, lê-se no documento.

Este balanço aponta para uma percentagem global de gestação clínica por ciclo de tratamento iniciado de FIV de 31,7 % e de ICSI de 29,0 %.

A percentagem de parto por ciclo iniciado de FIV foi de 24,1 % e de ICSI de 22,4 %, valores que são “superiores às últimas taxas médias de sucesso a nível europeu publicadas”.

(…)

O Conselho considera que “ainda persistiram percentagens inaceitáveis, do ponto de vista das boas práticas médicas, de transferência de três ou mais embriões”.

Segundo o relatório, em 2010 foram transferidos 4.752 embriões em ciclos a fresco de FIV e ICSI e 777 em ciclos de TEC.

A maior parte dos ciclos transfere dois embriões, mas registaram-se igualmente casos em que foram transferidos três e até quatro embriões por ciclo.

Em 2010 foram transferidos 15 embriões doados, dos quais resultaram dez gestações e sete partos.

No mesmo período ocorreram 108 ciclos com esperma de dador.

Adaptado, Lusa 24 Set, 2012, 15:33

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s